Skip to content

Melhores Formas Montar Uma Adega de Vinho

Melhores Formas Montar Uma Adega de Vinho

Melhores Formas Montar Uma Adega de Vinho

Aqui no blog, você tem conferido tudo sobre vinhos, desde a produção até sua venda, porém hoje falaremos um pouco mais sobre o armazenamento do vinho, etapa primordial para manter a qualidade do vinho e garantir suas características originais.

Melhores Formas Montar Uma Adega de Vinho

As Adegas, locais para armazenamento do vinho, deve ser um local especial, com climatização e várias outras características importantes para garantir um vinho perfeito sempre quando desejar. Além das vinícolas, em casa é possível ter uma adega e as vezes, sem gastar muito com isso.

Confira agora com a gente, como fazer uma adega de Vinho em casa gastando pouco e investindo sim, em vinhos de melhor qualidade e oferecendo para eles o melhor armazenamento.

História das Adegas de Vinho

Não se sabe quando os povos começaram a armazenar vinho em adegas, mas o que se sabe que a 5.000 anos A.C já existiam costumes parecidos com os de hoje.

História das Adegas de Vinho

 Historiadores conseguiram encontrar vestígios de civilizações antigas que deixavam garrafas antigas com líquido semelhante ao vinho, enterrados no solo até a entrada da primavera. 

O que esses historiadores conseguiram descobrir nessas pesquisas, é que estas civilizações ainda trocavam o vinho de recipiente e enterravam novamente até que a pessoa que produziu decidisse quando estaria bom para o consumo.

Com o passar dos tempos o vinho foi ganhando mais notoriedade e a necessidade de produzi-lo em alta escala, de maneira que não estragasse. O vinho é uma bebida que em condições ruins, pode ter suas características alteradas e por isso seu armazenamento deve ser feito de maneira específica.

Em vinícolas, além das adegas, os vinhos podem ser armazenados em barricas de madeira de carvalho, até hoje, a madeira mais apropriada para esse tipo de envase. Nas vinícolas, as barricas acomodam até 225 litros e barricas quanto mais novas, transmitem para o vinho aromas e sabores novos que vão desde baunilha, cravo e defumados, até aromas de pão tostado e pimenta.

As barricas servem para garantir a qualidade do vinho, com o mínimo de oxigenação e total qualidade da bebida, porém para armazenamento em casa, a dica é sempre ter uma adega especial para manter todos os vinhos com total qualidade e sabor. 

Modelos de Adegas Vinho

Foi-se o tempo que as adegas de vinho eram só para empresas ou vinícolas e apenas de um jeito, com aquele ar rústico de caverna e impossibilitando os enólogos mais apaixonados, a apreciar um bom vinho no conforto do lar.

Modelos de Adegas Vinho

Hoje, é possível ter uma adega em casa, mas antes é preciso saber todos os tipos do mercado e encarar qual é a melhor solução de escolha, para curtir os melhores vinhos com tranquilidade:

Adega Passiva

A Adega Passiva são as Caves Francesas, cavernas ou estruturas que se assemelham as antigas cavernas, onde eram mantidos vinhos por anos, sem alterações em seu sabor, cor ou aroma.

Adega Passiva

Essas adegas são naturais e construídas de forma a serem naturais, onde a temperatura e iluminação estão sempre bem equilibradas. Em casas, áreas como o porão é o ambiente ideal, já que uma baixa iluminação e temperatura ambiente controlada, mantém os vinhos em boas condições. Indicada para colecionadores de vinhos que tenham muitos exemplares. 

Adega com Compressor

Adega com compressores é indicada para pessoas que vivam em regiões quentes e que necessitam de condições maiores de resfriamento. Para enólogos com exemplares de vinhos caros, essa adega é ideal.

Adega com Compressor

Uma das vantagens dessa adega é que ela pode controlar as mudanças de temperatura para grupo de vinhos diferentes, ou seja, enquanto uma sessão tem uma temperatura, a outra possui climatização diferente e isso é ótimo para garantir a qualidade dos vinhos. 

O ponto negativo é o barulho que o compressor produz, algo que deve ser considerado pelos enólogos que desejam mais tranquilidade e silêncio ao degustar seus vinhos.  

Adega Termoelétrica

Adegas Termoelétricas utilizam a eletricidade para manter o equilíbrio de temperatura, luz e umidade dentro da adega e indicado para pessoas que moram em locais com clima ameno, nem muito frio ou quente.

Adega Termoelétrica

As adegas termoelétricas usam o mesmo princípio de uma geladeira, porém com a temperatura mais controlada. Funciona com a troca de calor com o exterior e demanda um gasto energético considerável.

O interessante dessas adegas é que não precisam ser locais grandes como um ambiente só para os vinhos, mas uma adega portátil e climatizada que pode ficar, inclusive, na cozinha em um lugar estratégico.

Como fazer uma Adega de Vinho Para ter em Casa

Mais do que um Hobby, colecionar bons vinhos requer uma adega perfeita para mantê-los sempre com suas características originais e perfeitos para serem expostos e admirados. Confira estas dicas para fazer uma Adega de Vinhos em casa:

Escolha o local perfeito

Quando falamos em adega grande, tipo passiva ou com compressor, é ideal que ela seja num porão ou ambiente mais afastado dos cômodos comuns da casa, principalmente se for um ambiente com compressor, por conta do barulho.

Já no caso da Adega Termoelétrica, pode ser um ambiente mais próximo de um bar em casa, cozinha ou sala de estar e escritório, independente, do tamanho.

Onde Comprar uma Adega de Vinho

Adega de vinho pode ser facilmente encontrada na internet, uma dica é fazer uma pesquisa pelo Google ou até mesmo dentro do site Mercado Livre, caso queira uma adega de vinho planejada terá que buscar uma Marcenaria para execução do projeto.

Decore com o máximo em madeiras e de qualidade

O madeiramento na decoração e acomodação de vinhos é essencial para uma adega de boa qualidade e linda. A madeira ajuda a controlar a temperatura dos vinhos e umidade, além de deixar o espaço mais bonito.

Como fazer uma Adega de Vinho Para ter em Casa

Cuidado com as alterações de temperatura, luz e umidade

Eis um dos maiores cuidados que se deve ter com vinhos, as alterações de temperatura. Vinhos devem manter temperatura constante entre 12 e 16 graus, pois acima disso, principalmente a partir de 21 graus, começa a envelhecer com mais rapidez.

Já a iluminação de uma adega deve sempre ser o mais baixa possível, e sem a incidência direta nas garrafas. Sabe-se que a luz, seja ela solar ou artificial, podem fazer uma alteração química no vinho e trazer inúmeras alterações negativas para a bebida. 

Quanto a umidade, é preciso ficar atento a rolhas das garrafas, principalmente aquelas com rolha de cortiça 100%. A cortiça é um material que pode se deteriorar com alta umidade e quando ela está descontrolada, se muito baixa, racha a rolha, mas se muito alta, pode ter proliferação de fungos. 

Por isso ao fazer uma adega, preste atenção a todas essas dicas e crie um ambiente de qualidade para seus vinhos, mantendo o sabor, aroma e qualidade por muito mais tempo. 

Aproveite e acesse nossa Loja de Vinhos e faça uma degustação do Maravilhoso Casa Valduga Terroir